Comunicação pública fortalecida é instrumento contra fake news

Reflexão foi compartilhada pela Patrícia Roedel, da ABCPública, durante o seminário Reboot 2019

A comunicação pública precisa se fortalecer muito mais neste momento em que todos são comunicadores potenciais e há uma profusão de “fake news”, sem balizamento da fonte. Essa foi uma das principais conclusões da integrante da ABCPública Patricia Roedel, que participou do seminário de comunicação Reboot 2019 como palestrante e debatedora.

Abordando o tema “O desafio de transparência no novo portal da Câmara dos Deputados”, a jornalista, que coordena o processo de mudanças do portal, salientou que a transparência das informações nas fontes primárias e a linguagem simples — pilares da comunicação pública — são formas de mitigar as fake news, já que a fonte primária de informação é utilizada não apenas pelo cidadão comum, mas também pela imprensa e sites analíticos.

Patricia  salientou a importância, no novo portal da Câmara, das ferramentas de participação integradas transversalmente ao conteúdo. Para ela, é uma forma de combater o que, já na década de 60, os teóricos da comunicação chamavam de disfunção narcotizante, que ocorre quando a mera leitura de um excesso de informações e a simples expressão de sua opinião fazem com que o cidadão se sinta partícipe do processo político, sem que na realidade tenha qualquer influência. “Na década de 60, Lazarsfeld e Merton já haviam cunhado essa expressão, quando tudo o que o cidadão tinha eram três jornais, rádio e TV. Imaginem como a profusão atual de informações amplia essa disfunção no que se refere ao debate de leis. Nem estou me referindo ao “idiota da aldeia” aqui. A existência de canais de participação e diálogo no portal da Câmara permite que a opinião do cidadão seja direcionada ao receptor correto, quebrando essa disfunção”, apontou.

A jornalista mostrou as novas funcionalidades do portal e falou sobre como foi o desafio de quebrar tecnicidades para dialogar com o cidadão comum interessado em política, e não apenas com especialistas. O novo portal da Câmara foi reformulado em sua arquitetura, que se tornou mais simples e intuitiva; na linguagem, que foi simplificada e está mais imagética; na adição de vídeos explicativos, glossários e páginas educativas; e na criação de páginas de transparência com dados gráficos. “Porém, o mais importante virá em março, com o lançamento da ficha de tramitação amigável, que vai permitir o acompanhamento fácil dos projetos de lei, de uma forma visual”, explicou.

Sobre o desafio de transparência, ela afirmou: “Alguns deputados se ressentiram do excesso de transparência. Mas é uma mudança de cultura e de costumes. Não acredito que a Presidência ou a alta administração da Casa volte atrás. Estão sintonizados com as demandas da sociedade, que está cobrando muito mais”, acredita.

“A comunicação pública é um direito dos cidadãos assegurado pelo artigo 5º da Constituição, e se contrapõe a interesses de Estado ou particulares. Na dúvida entre o interesse público, estatal ou particular, o público deve prevalecer”, argumentou.

Foto: Genilson Frazão

Integrante da ABCPública fala sobre o desafio de dar transparência ao maior portal legislativo do país

Patrícia Roedel gerencia o projeto de reformulação do site da Câmara dos Deputados

A jornalista Patrícia Roedel será uma das participantes do Reboot – Seminário de Marketing Político e Comunicação, que vai discutir temas que norteiam a política como a comunicação, o marketing e as novas tecnologias. O evento acontecerá em Brasília, nos dias 25 e 26 de fevereiro.

Integrante da ABCPública, Patrícia Roedel gerencia o projeto do novo portal da Câmara dos Deputados, lançado em janeiro deste ano. Ela vai compartilhar as experiências da equipe no desafio de dar mais transparência às informações disponíveis no portal e condições de participação popular.

Evento – Entre os palestrantes estão a líder de projetos digitais e estrategista Jimena Rosli, que vai abordar a sua experiência na comunicação do Cambiemos, na Argentina, e apresentar cases da campanha eleitoral e do mandato do presidente Maurício Macri, em 2015, da qual participou; Bruno Scartozzoni, especialista em storytelling, que vai falar sobre a importância e desafios do storytelling na comunicação política; Gabriel Ishida vai abordar o uso e a inteligência de dados na comunicação política; e Eden Wiedemann, vai tratar de mobilização, ativação, engajamento e resultados.

Além do painel com Patrícia Roedel, da ABCPública, que irá falar sobre o desafio de transparência na Câmara dos Deputados, Leandro Grôppo vai falar das estratégias de marketing usadas na campanha de Romeu Zema ao Governo de Minas Gerais. O Reboot ainda terá o painel Elas No Poder, sobre a participação das mulheres na política, um debate entre parlamentares com diferentes posições ideológicas, mediado por Sandro Gianelli

Mais informações sobre o evento, que está com as inscrições encerradas, no site https://www.seminarioreboot.com.br/.

Fonte: Com informações do site Seminário Reboot

Conheça os instrutores do programa avançado em comunicação pública

Curso está com inscrições abertas e começa em março



Dezesseis profissionais formam a equipe de instrutores do programa avançado em comunicação pública, promovido pela Aberje e ABCPública. O primeiro dos dez módulos do curso será em março.

Os instrutores do curso são:
– Andrew Greenlees, sócio-fundador da FLAG Public Affairs
– Armando Medeiros Faria, ex-diretor de comunicação do Banco do Brasil, consultor e coordenador de projetos especiais da LS Comunicação
– Bob Vieira da Costa, ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social no governo de Fernando Henrique Cardoso
– Carlos Neto, pós-doutorando em comunicação empresarial pela Universidade de São Paulo
– Cláudia Lemos, sócia-fundadora do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça e da ABCPública, ex-secretária de comunicação do Ministério Público Federal, jornalista na TV Câmara
– Emiliana Pomarico, gerente executiva da Escola Aberje de Comunicação
– Érica Abe, estrategista de mídias sociais de vários órgãos públicos federais, diretora de estratégia digital da Vertical Pública da FCB Comunicação (Brasília)
– Fábio Santos, ex-secretário Especial de Comunicação da cidade de São Paulo
– Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje
– Jorge Duarte, diretor da ABCPública, ex-diretor de comunicação pública da Presidência da República, gerente de comunicação estratégica da Embrapa
– Paulo Henrique Soares, integra a lista dos 100 comunicadores mais influentes do mundo, diretor de comunicação do IBRAIM – Instituto Brasileiro de Mineração
– Paulo Nassar, diretor-presidente da Aberje e professor titular da ECA/USP
– Renato Janine Ribeiro, ex-ministro da Educação e professor titular de ética e Filosofia Política da USP
– Suzel Figueira, especialista em pesquisa de mercado, sócia-fundadora da Ideafix Pesquisas Corporativas
– Thomas Traumann, ex-ministro da comunicação social da Presidência da República entre 2011 e 2015

O curso é voltado a profissionais de comunicação da área pública e terceiro setor e busca subsidiar os participantes para que possam construir práticas de comunicação que atendam às necessidades de informação e interação de governos com os cidadãos e os diversos segmentos da sociedade.

O curso será realizado na sede da Aberje, em São Paulo, com um total de 80 horas, dividido em dez módulos. As aulas acontecem aos sábados, uma vez ao mês, de março a dezembro. Associados da Aberje e da ABCPública têm desconto na matricula.

Programação
As aulas acontecem aos sábados, das 9h às 18h (8 horas)

Módulo 1: Comunicação Pública: novos olhares, novas práticas
Data: 23 de março
Mediadores: Paulo Nassar, Hamilton dos Santos
Palestrantes: Thomas Traumann, Andrew Greenlees, Fábio Souza dos Santos

Módulo 2: Estratégia e Planejamento em Comunicação Pública
Data: 06 de abril
Instrutora: Cláudia Lemos e Bob Vieira da Costa

Módulo 3: Mensuração da Comunicação na área pública
Data: 04 de maio
Instrutora: Suzel Figueiredo

Módulo 4: Gestão de equipes, estruturas e processos de comunicação pública
Data: 01 de junho
Instrutora: Vivian Rio Stella

Módulo 5: Gestão da Comunicação Interna: informação e diálogo com empregados da área pública
Data: 13 de julho
instrutor: Paulo Henrique Soares

Módulo 6: Gestão de publicidade, marketing e patrocínio
Data: 03 de agosto
Instrutor: Rodolfo Araújo

Módulo 7: Comunicação Pública Digital: gestão, estratégias e operacionalização
Data: 21 de setembro
Instrutora: Érica Abe

Módulo 8: Comunicação Pública e relações com as mídias: muito além de assessoria de imprensa
Data: 05 de outubro
Instrutor: Jorge Duarte

Módulo 9: Gestão de riscos e crises em comunicação: uma agenda permanente
Data: 09 de novembro
Instrutor: Armando Medeiros

Módulo 10: Cases apresentados pelos alunos do curso
Data: 07 de dezembro
Coordenação: Jorge Duarte e Emiliana Pomarico

Inscrições – Informações completas e inscrições estão no site: www.aberje.com.br/compublica.

Fonte: Com informações da Aberje 

Presidente da ABCPública fala sobre convergência de mídias para comunicadores dos TCEs

Evento foi transmitido ao vivo para Tribunais de Contas de todo país

Integrantes das equipes de comunicação dos Tribunais de Contas do país participaram nesta segunda-feira (11/02) de um seminário totalmente transmitido ao vivo pela internet para tratar dos desafios da comunicação no setor de contas públicas.

O presidente da Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública), Lincoln Macário, falou sobre convergência de mídias. Macário destacou três aspectos da convergência: a convivência entre várias mídias, a influências das linguagens entre as mídias e o consumo simultâneo de mídias. “Estes três aspectos têm exigido dos produtores de conteúdo um foco especial no público para o qual aquele conteúdo está direcionado, o que é muito desafiador e torna ainda mais importante as trocas de experiências intergeracionais, interinstitucionais e entre as diversas regiões”, afirmou.

O desenvolvimento de conteúdos embasados tecnicamente, com linguagem acessível e por meio de recursos interativos e dinâmicos tornou-se essencial para a aproximação com o cidadão. Com base nisso, temas como jornalismo digital no poder público e inovação nos processos de comunicação foram abordados pelos profissionais com atuação na Agência Senado e Câmara dos Deputados, Flávio Faria e Carol Nogueira.

O seminário, que foi mediado pelo editor do portal Pro Legislativo, também contou com palestras do ministro substituto do TCU, Marcos Bemquerer, do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), conselheiro Raimundo Carreiro, da conselheira substituta de Goiás, Heloísa Helena Godinho, e do consultor da Transparência Internacional, Fabiano Angélico.

Fonte: Com informações do site do TCE/MS

Agências e comunicadores: uma parceria pelo aprimoramento da comunicação pública

Tema foi abordado na palestra do diretor da ABCPública Jorge Duarte em evento da Abracom

Na palestra realizada na última terça-feira, 05, em São Paulo, em seminário organizado pela Abracom para agências de comunicação corporativa, Jorge Duarte apresentou a ABCPública para as agências e as convidou para juntarem forças na qualificação da comunicação pública feita no Brasil em benefício do cidadão.

Ele falou sobre os desafios e os pontos de convergência e destacou a necessidade de parceria entre prestadores de serviços de comunicação e profissionais da área pública para para qualificar a comunicação do Estado com a sociedade. Para Duarte, é fundamental uma comunicação integrada, de qualidade e voltada para o cidadão, evitando o personalismo, o desperdício, a promoção institucional, o que pode ser buscado com estratégias adequadas, planejamento e foco, questões em que as agências têm enorme contribuição para dar.

Jorge, que integra a diretoria da ABCPública, ressaltou a necessidade de valorizar o trabalho feito pela equipe de comunicadores públicos, de modo que as agências de comunicação trabalhem de forma integrada e complementar, contribuindo para a eficiência da comunicação do setor público com o cidadão. Em sua experiência, o padrão dos comunicadores públicos no Brasil é muito alto, mas muitos sofrem com falta de recursos, de equipes e, muitas vezes, de compreensão do papel e capacidade da comunicação contribuir para a elaboração e execução das políticas públicas. “Muitas vezes os comunicadores são vistos como simples divulgadores. A capacidade das agências de comunicação em dar suporte à gestão da comunicação é muito alta, mas elas precisam ajudar na área de inteligência de comunicação e não apenas na entrega de produtos e serviços”.

Para o diretor da ABCPública, “é fundamental a noção de que a agência que trabalha para um órgão público essencialmente também está ajudando a prestar um serviço público, ou seja, trabalha para o cidadão.” O diretor da ABCPública também chamou a atenção para o fato de que, “em um período de grande circulação de informações distorcidas ou mesmo falsas, o setor público tem que ser absolutamente rigoroso com a transparência e a prestação de informação verdadeira, útil e nas condições do cidadão. Ele deve ser um porto seguro na orientação do cidadão”.

O painel sobre Ética e Compliance foi foi compartilhado com o professor e articulista Eugênio Bucci, que falou sobre as premissas fundamentais do desempenho da atividade dos comunicadores: verdade, ética e integridade.

Mais informações e inscrições aqui.

Fotos: Abracom


Diretor da ABCPública fala sobre ética e compliance em evento da Abracom

Jorge Duarte, diretor de Relações Acadêmicas, fará palestra sobre
ética, riscos e compliance para agências de comunicação corporativa

A Abracom promove, em fevereiro, o Seminário Agências de Comunicação e o Compliance – Riscos e Propostas. O objetivo é sensibilizar as associadas para a necessidade mercadológica e ética das ações de compliance internas e indicar como construir seus próprios códigos de conduta.

O evento será realizado em São Paulo, com a possibilidade de participação presencial ou acompanhamento por transmissão simultânea.

Serão três aulas, em três manhãs em semanas consecutivas:

05/02
Ética, riscos e compliance para agencias de comunicação corporativa
Eugênio Bucci – professor da USP e jornalista
Jorge Duarte – da ABCPública

12/02
O Código de Ética na visão dos clientes
Quanto a iniciativa privada, órgãos de governo e empresas públicas têm exigido que seus prestadores de serviço tenham seus códigos próprios? Como as agencias devem se relacionar com fornecedores e prestadores de serviço?
Renato Cirne – Compliance Officer da FSB
Sandy Soares – consultor independente de sourcing

19/02
Como elaborar um Código de Conduta
Alessandra Gonsales – Sócia-fundadora da LEC e sócia de Compliance do W. Faria Advogados
Mario Ernest Humberg – consultor de gestão e ética

Mais informações sobre o evento e inscrições: https://abcpublica.org.br/diretor-da-abcpublica-participa-de-evento-da-abracom/

Fonte: Site Abracom

Com foco no direito do cidadão à informação, à participação e no dever do Estado de prestar contas de suas ações, foi criada a Associação Brasileira de Comunicação Pública - ABCPública.