Emergência em saúde pública requer comunicação que não confunda a sociedade

285 Visualizações

Nota da ABCPública

A Comunicação Pública – em todas as instâncias – deve se basear pela transparência e verdade. Uma das consequências de informações desencontradas e orientações erradas é o descrédito do serviço público perante o cidadão.

Neste momento de emergência em saúde pública, a sociedade não deve ser confundida, nem vítima adicional de disputas políticas em torno da falsa dicotomia saúde x economia. Ambas dimensões andam juntas. Medidas para prevenir, adotar os protocolos sanitários internacionais e, ao mesmo tempo, cuidar da saúde da economia são inseparáveis.

Lamentamos a manifestação infeliz da Presidência da República, que só tem o efeito de confundir, desorientar, aumentar a insegurança e colocar ainda mais tensão nos ombros da população. Nesta conjuntura desafiadora, a comunicação pública requer de seus líderes e porta-vozes responsabilidade e zelo nas informações para a sociedade.

Diretoria da Associação Brasileira de Comunicação Pública

Brasília, 25 de março de 2020.

Atualizada em 25/3/2020, às 18h .


Nenhum comentário

Com foco no direito do cidadão à informação, à participação e no dever do Estado de prestar contas de suas ações, foi criada a Associação Brasileira de Comunicação Pública - ABCPública.